• Ana Agnes

FLEXIBILIDADE PARA RESILIÊNCIA...

Recebo muitas perguntas sobre como melhorar os resultados no trabalho, como lidar com aquele cliente difícil, o chefe e até mesmo com situações que saem do controle.

Então resolvi falar sobre algo que é importante na vida para resultados positivos, porém mesmo sendo mais utilizada no mercado de trabalho, ela faz uma grande diferença também nos relacionamentos, seja conjugal, familiar, interpessoal ou social, além de ter essa habilidade faz com que o dia, a produtividade e o extraordinário faça parte do dia a dia. Mas afinal o que é e como alcança-la? 🤦‍♀️

Vou te passar detalhes e a prática, vamos lá?😍



Para que fique mais fácil entender, Resiliência no geral significa, voltar ao estado original.


O termo foi utilizado pela primeira vez em 1807 por Thomas Young em um de seus estudos de física.


Portanto Resiliência é definida como voltar à sua forma inicial após um trauma, impacto ou uma determinada pressão. É preciso se permitir ser FLEXÍVEL para viver a RESILIÊNCIA não é mesmo?

Se a pessoa não se permitir emocionalmente ficar bem novamente, entender com empatia a situação enfrentada no momento, muito provavelmente essa rigidez não vai deixar com que ela volte ao seu estado original e a paz, harmonia e tranquilidade não aparecerá naquele instante, acarretando possivelmente em muitos outros problemas.


A rigidez o mantém intacto, sem se mover, sem se permitir vivenciar e aprender com a experiência.

A flexibilidade diz respeito à ceder, porém sem se romper e aí sim vem a possibilidade de voltar ao seu estado original.

A adaptação assim como a flexibilidade, também é uma fase importante da resiliência, sabendo que adaptar à novas situações, estilos e criar novas possibilidades faz com que a pessoa amplie seus conhecimentos e viva novas experiências.


Muitas adversidades podem ocorrer ao longo da vida. Casos como conflitos, violência, acidentes, desastres naturais, fatalidades, abusos sexuais e outros.

Muitos que enfrentaram eventos traumáticos vivem com emoções como ansiedade, raiva, medo, tristeza, angústia entre outros e podem desenvolver significamente a depressão, síndrome do panico, estresse pós-traumáticos entre outros. Com esse forte impacto emocional se formam crenças que geram padrões de pensamentos e sentimentos, acarretando em um determinado comportamento e desencadeando uma série de doenças que estão sendo estudadas.


Porém lidar com as adversidades requer uma decisão de partir de um ponto com visão positiva, trazer emoções positivas para o futuro, gerando bem-estar a si mesmo e aos que estão ao seu redor. Requer perdão, amor, empatia, compaixão e decisão.


Seja qual for a situação mais desafiadora no relacionamento no trabalho ou na vida pessoal é importante trazer apreciação pela vida, estabelecer novas prioridades, identificar novas possibilidades e ter novas experiências positivas, avalizando os aprendizados de cada situação e tornando em crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional.




Uma das coisas que auxilia para se tornar uma pessoa mais Flexível e Resiliente é ter bem claro seu propósito de vida e vivê-la com sentido. Saber seus valores, sua identidade (quem de fato você é) e qual futuro você quer ter.


Não faz sentido viver em um lugar, aguentar coisas que não estão te fazendo bem para ganhar o que não quer e mostrar a quem não gosta aquilo que não te faz bem.


Volte à essência de quem verdadeiramente você é.


Reflita com carinho...


A vida que você tem levado e seus resultados verdadeiramente são aqueles que sonhou um dia?

A empresa que você trabalha hoje, as atividades, os horários, te aproximam do seu propósito de vida?


A maneira que se relaciona consigo e com as pessoas ao seu redor, te torna uma pessoa mais feliz e positiva?


Se esse conteúdo fez sentido para você compartilhe aqui comigo...

Grande abraço! 😘

(11) 9 9650-0010

©2008 por AGNES UP - Coaching & Desenvolvimento.